quinta-feira, 12 de março de 2009

Outras pragas do jardim e como combatê-las

Formigas, Caramujos, Lesmas, Ácaros, Pulgões, Tatuzinhos são alguns animais que incomodam no jardim.

Das 12 espécies de formigas, conhecidas como cortadeiras, que habitam os jardins, duas são encontradas com mais facilidade: a saúva e a quenquém. Estas duas formigas cortadeiras, são eficientemente combatidas com uma série de formicidas: sulfureto de carbono, brometo de metila e outros que se encontram no comércio e cujas bulas, que acompanham o produto, explicam o modo de usar. Mas existem também outros animais que descontrolados fazem muito estrago entre as plantas do jardim:

LAGARTAS -Proliferam-se com rapidez e se alimentam das partes aéreas da planta. Para combatê-las, recomenda-se a remoção manual ou com uma pinça. No caso de não conseguir localizá-las, basta revolver a terra em volta da planta para que fiquem expostas ao sol.
Como combater: Dissolver 10 gramas de fumo de rolo e 100 gramas de sabão de coco em 20 litros de água fervente. Deixe descansar por 12 horas e pulverize os locais afetados.

LAGARTAS ROSCA - encontradas embaixo do solo a uns 10 cm de profundidade, elas podem ser pegas com uma isca bem fácil de fazer. Isca: misture 100 gramas de açúcar, 100 gramas de pó de arroz e 5 gramas de inseticida DIPEL (biológico). Vá adicionando água até criar flóculos. Aí é só espalhar a isca em volta da planta atacada.

Cochonilhas - São pontinhos brancos ou avermelhados, que sugam as folhas e talos das plantas até acabar com a seiva. Emulsão de óleo: leve 1 kg de sabão picado, 8 litros de óleo mineral e 2 litros de água ao fogo até levantar fervura. Mexa até virar uma pasta, que pode ser armazenada para futuras aplicações. Na hora de pulverizar a emulsão, dissolva a pasta em água morna e misture o equivalente a 300 gramas para cada 20 litros de água fria.

Caramujos, Lesmas e Tatuzinhos - é comum que estes pequenos animais frequentem hortas e jardins, mas se houver desequilíbrio podem causar muitos danos. Isca: espalhar pedaços de chuchu ou abóbora pela horta, para atraí-los e depois pegá-los. Latas de pouca espessura contendo sal e cerveja também são bastante atraentes para estes pequenos insetos.

VAQUINHAS - São semelhantes a um besourinho, sendo que uma das principais tem a coloração verde e amarela.

ÁCAROS - são parecidos com carrapatos, só que bem menores, podendo ser enxergados somente com o auxílio de uma lupa. Calda de fumo com sabão: basta adicionar sabão à calda de fumo comum e pulverisar na folhagem.





PULGÕES - É muito difícil fazer catação manual, a melhor maneira de combatê-los é pulverizando inseticidas naturais. Calda de fumo: pique 20 gr de fumo de rolo, coloque em 1 litro de água e deixe ferver durante meia hora. Coe em pano fino e dilua a mistura em 4 litros de água. Depois é só pulverizar sobre as plantas, em especial nas partes afetadas pelos insetos.

2 comentários:

Luciana Onofre disse...

Obrigada pelas dicas, perdi todo um canteiro imenso de pimentas por causa da alforra...

Edilza disse...

Oi Luciana, espero que essas dicas sejam de utilidade para você. Um grande abraço,
Edilza