sábado, 23 de maio de 2009

Atividades Domésticas e Jardinagem São Indicadas Para Quem tem Osteoporose


Estima-se que em 2020, cerca de 20% dos 17,9 milhões de idosos desenvolverão essa doença.

A osteoporose pode ser prevenida, ou ter seus efeitos amenizados, com a prática de exercícios físicos regulares. A diminuição da massa óssea causada pela doença leva à deterioração da microarquitetura do osso e conseqüente aumento da fragilidade óssea, elevando o risco de fraturas. De acordo com dissertação de mestrado defendida pelo pesquisador Alex Antonio Florindo, na USP, “estudos epidemiológicos de vários países têm estabelecido a extensão da oesteoporose e as conseqüências socioeconômicas decorrentes da morbidade e mortalidade associadas às fraturas. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, estima-se que em 2020, cerca de 20% dos 17,9 milhões de idosos desenvolverão osteoporose”.

O número de fraturas em mulheres costuma aumentar com a idade. A redução da massa óssea, principalmente em mulheres idosas, é o fator que mais contribui para a ocorrência de fraturas. Estudos recentes indicaram que a prevalência e o risco relativo de fraturas em mulheres aumentam bastante com a redução da massa óssea. Mulheres têm o dobro da incidência de fraturas em relação aos homens, em decorrência da perda acelerada após a menopausa e de menor quantidade de massa óssea obtida no período considerado de pico.

Pesquisas recentes analisam a relação dos exercícios físicos com a quantidade de massa óssea. Em um estudo, cientistas investigaram a atividade física habitual durante a vida e confirmaram sua associação com a preservação da densidade mineral óssea, prevenção da osteoporose e do risco de fraturas. Outros estudos indicam que atividades de impacto e deslocamento do peso contragravidade são mais eficazes para produzir aumento da densidade mineral óssea.

Quando o objetivo é aumentar a densidade óssea mineral é preciso escolher o exercício correto. Segundo estudos específicos, os exercícios ideais para prevenção da osteoporose e diminuição do risco de fraturas mais indicados para adultos e idosos devem envolver a musculatura do quadríceps. Entre as atividades físicas mais indicadas estão as caminhadas rápidas para locomoção, caminhadas em subidas, subidas em degraus, atividades domésticas e de jardinagem. Até mesmo o tempo permanecido em pé pode ser benéfico.
Agência Notisa (jornalismo científico – science journalism)

2 comentários:

Estela disse...

Lidar com a terra, semear, ver nascer e colher são atividades das mais prazerosas que existe. E ainda ajuda na osteoporose - tudo de bom!
Bjs.

Edilza disse...

Viu como estamos bem direcionadas?
Beijo grande,
Edilza